Studio Ghibli: Sussurros do coração / Mimi wo sumaseba (1995)

março 05, 2018


Konnichiwa fadinhas e elfos! Como vocês estão? Continuando com a série de resenhas dos filmes do Studio Ghibli, hoje é a vez de Sussurros do coração! Esse eu assisti sem saber se iria gostar ou não, até porque apesar de ser querido, não é tão conhecido comparado com os principais sucessos do Hayao Miyazaki. Mas pode ter certeza é uma história agradável que envolve, gatos, amor, livros e música! E então... let's go?

"Mimi wo Sumaseba" ( "Whisper of the Heart", em inglês) é um filme de animação produzido no ano de 1995 pelo Estúdio Ghibli, baseado no mangá de Aoi Hiragi com o mesmo nome. Dirigido por Yoshifumi Kondo,que infelizmente acabou falecendo após entregar esta deliciosa obra para o mundo.

O enredo conta com a história de Shizuku, uma jovem de 14 anos, apaixonada por livros que leva uma vida simples. Onde os pais trabalham e a irmã enche o saco para Shizuku ajudar arrumar a casa.Certo dia, ela descobre que todos os livros que já pegou na livraria foram pegos também pelo mesmo garoto, Seiji Amasawa. Ela conhece um garoto da sua idade que acha irritante, mas descobre que ele é o Seiji.

Um gato que pegou o trem sozinho, e ainda aproveitou a paisagem
A protagonista é uma garota normal, como qualquer outra, achei interessante como apresentaram o dia-a-dia dela, sem parecer chato e com alguns acontecimentos simples, carinhosos, divertidos e tristes. Já começando com esse inusitado gatinho, que pega o trem sozinho e ela decide segui-lo,  nessa correria ela encontra uma lojinha única e apaixonante do Shiro Nishi (melhor vovó ever!)

Resultado de imagem para sussurros do coração gif
Melhor casal, esses lindos!
E por mera coincidência, o gato gosta da loja, do Seiji, e ainda o Shiro é avó dele . Só pode ser o destino querendo que os dois fiquem juntos né? Só pode. Com tantos encontros os dois (Seiji e Shizuku) se aproximam, e a medida que os dois se aproximam, ele conta que o seu sonho é fabricar violinos, o que faz Shizuku perceber que ela não tem nenhum caminho para sua vida.



Olhe ~essa pedra~, tem uma esmeralda no seu anterior, você e Senji são como esta pedra. Um mineral bruto, sem polir. [...] Deve encontrar a jóia em você e ter tempo para polir as impurezas. É um trabalho esgotante [...] Aliás, há menores cristais no interior, ali onde não pode vê-los. _ Shiro Nishi
No desenvolvimento da história vemos o amadurecimento dos personagens em relação ao futuro e o sentimento, e como já sabemos, é sempre muito difícil. Isso trás problemas,e até tristeza para a personagem, mas, por sorte, ela tem pessoas amigáveis por perto.

O gato Baron, do Reino dos Gatos! Acredita? É o mesmo universo!
Em meio os rascunhos (histórias) da personagem, existem elementos fantásticos. Como o Baron (boneco do Shiro e referencia do filme Reino dos Gatos) servindo como método de escape. Achei interessante, pois passa para o espectador que a fantasia pode estar em qualquer lugar. Aliás, é essa magia que nos faz crescer e nos desenvolver. Magia esta que não precisa ser algo exagerado, mas simplesmente algo para nos tirar do lugar comum. Nesse ponto o roteiro se mostra incrível.

A animação, é bonita, antiga, mas fluida do jeitinho do Studio Ghibli, os personagens moram em lugares altos, sendo assim, nos deixando cenários do alto das casas. A paleta de cores é um grande destaque, fiquei impressionada na parte da escola, dá realmente uma sensação de escola mesmo (bege/acinzentado=sério).

A trilha sonora, é aconchegante, mas o que destaca é a adaptação linda de Country Roads (o vídeo tá atrasadinho, repara não hehe):

"Whisper of the Heart" (1995) - "Country Roads" in Japanese from Crustimoney Proseedcake on Vimeo. (Olha esses personagens, são uns fofoooos! aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!)

Sussurros do Coração é uma boa animação. Ele pode acabar afastando os espectadores por parecer bobo e sem ambição, ou seja, sem algo grandioso na história. Mas como dizem por aí, Miyazaki tem o poder de tornar qualquer tipo de roteiro interessante, basta só prestar atenção nos detalhes. Eu gostei, entrei na história, me identifiquei e nem senti o tempo passando.

Só tenho um contra, o final. Gostaria de ver mais o caminho dos personagens, é como se faltasse ''algo'' sabe? Mas né, o jeito foi aceitar esse gostinho de ''quero mais'' kk.

Por hoje é só! O próximo filme será o Reino dos Gatos, vi faz um bom tempo mas vou rever e trazer aqui para o blog. Espero que tenha gostado do post! Até mais! Kissus!Créditos: Pipoca radioativa, Adoro Cinema & Studio Ghibli. Redes Sociais do Sweet Magic: Facebook | Twitter | We heart It | Bloglovin | Pinterest *

Leia também:

0 comentários

© 2017 Sweet Magic. Re-Design: JD Design. Tecnologia do Blogger.