Studio Ghibli: O conto da princesa Kaguya

maio 02, 2019


Konnichiwaa fadinhas e elfos, como estão? Minha meta de assistir todos os filmes ainda continua! Bem, dessa vez vi o Conto da Princesa Kaguya, a história é sobre uma menina que surgiu de um Bambú. Eu não tenho dúvidas que esse filme merece muito mais do que apenas uma postagem. Mas vejam! Sim, já estou recomendando desde a introdução. Mas quer saber o porque? Então let's go!

O Conto da Princesa Kaguya (かぐや姫の物語, Kaguya-hime no Monogatari?) é um filme de animação japonês de drama e fantasia produzido pelo Studio Ghibli e realizado e escrito por Isao Takahata. Foi baseado no folclore O Conto do Cortador de Bambu.
O filme foi lançado no Japão em 23 de novembro de 2013,em Portugal em 9 de abril de 2015 e no Brasil em 16 de julho de 2015.

David Ehrlich do jornal The A.V. Club deu ao filme uma classificação A, considerando "o melhor filme de animação do ano," onde acrescentou "está destinado a ser lembrado como uma das melhores realizações do Studio Ghibli." Nicolas Rapold do The New York Times elogiou o trabalho artístico dizendo "primorosamente desenhada com delicadeza aquarela com um sentido vivo da linha."
 Conquistou uma série de prêmios, entre eles o de melhor longa-metragem no festival português de animação Monstra.


O enredo começa em uma pequena vila rural, onde um velho cortador de Bambú, encontrou um troco de bambu brilhante, estranhando, ele chegou perto e assim a linda princesinha Kaguya surgiu, minuscula como uma fadinha. O cortador levou para mostrar a sua esposa, e a aceitaram como filha com todo o carinho e amor do mundo.



Por ela não ser uma humana comum, seu crescimento foi mais rápido que o normal, de um dia para o outro, basicamente. Ela cresceu, conquistou amizades com os garotos da vila, ajudava seus pais idosos, vivia em volta da natureza, ela estava satisfeita e muito feliz com a sua vida, mesmo sendo simples. Mas algo milagroso acontece novamente, aparece milhões em um bambu, e seu pai adotivo, interpreta que o Deus que mandou Kaguya para esse mundo, deseja que ela seja rica e tenha uma vida como a de uma princesa. A partir daí a Kaguya cresce como camponesa até receber uma educação de princesa.


O filme mostra de forma unica, como era a vida de uma princesa no Japão. Não era nada mágico, segundo a alta classe, a felicidade de uma mulher só poderia ser com um homem. A aparência da Kaguya e o seu comportamento foi obrigatoriamente mudada também. E pode acreditar, o padrão de beleza japonesa, era bizarrona na época.

A Kaguya, tentou viver assim, queria deixar seu pai adotivo feliz e ter uma vida de princesa,  tentava aceitar que esse era mesmo seu destino, sentia falta dos seus antigos amigos, do seu primeiro amor, da sua vida no campo, mas aceitava mesmo sofrendo, tudo com o medo de decepcionar os seus pais. Mas a realidade começa a machucar demais. E algumas perguntas começam a aparecer: Qual é o seu objetivo na terra? Onde a sua felicidade está? É tarde demais?


A história envolve muitos assuntos que vale ser refletidos. Como o machismo, a vida, a depressão, amor ao próximo, preservação do meio ambiente e até mesmo o budismo (a maneira como a religião vê a terra e o desapego pessoal). A Kaguya é uma menina incrível, amava a natureza, seus pais, e era pura. Seu único problema, foi ter demorado para lutar pela SUA felicidade.

Sobre a animação, tem um estilo diferente de todas as animações já feitas. Isao Takahata optou por algo mais manual, com traços mínimos. A história mágica de Kaguya, tornou ainda mais potente com o cenário minimalista e as cores pastéis, a cena com conflitos (a fuga de Kaguya, e os tecidos jogados ao céu), transpareceu mais ainda a emoção nos traços rabiscados.

A trilha sonora, é calma, e todas as músicas são lindas demais, a música principal do filme é a melhor, e tem um significado muito importante na história. É algo que não poderia deixar de citar aqui!
,

Pássaros, insetos, bestas. Grama, árvores, flores
Me ensinem como sentir
Se eu ouvir que você anseia por mim, eu retornarei para você

Não acho que o filme seja para crianças, é um drama bem marcante. E eu recomendo de verdade! Na minha opinião, é o melhor filme que vi do Studio até agora! Infelizmente o criador desse filme, Isao Takahata, chegou a falecer ano passado, mas ele deixou ao mundo uma obra de arte que merece ser visto por mais pessoas.

Por hoje é só! Obrigada por acompanhar o blog! Espero que tenham gostado do post! Acompanhe as Redes Sociais do Sweet Magic: Facebook | Twitter | Instagram | Bloglovin | Pinterest * Até mais, Kissus 

Leia também:

12 comentários

  1. Olá tudo bem???
    O layout de seu blog é maravilhoso e passando pela dica de leitura bem tipica oriental.
    O curioso da história foi dar vida a um item da natureza que é o bambu e partir dele criar-se um ser...
    Muito boa a sua dica e vou conferir na íntegra ...
    www.robsondemorais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa, tudo bem e você?
      Obrigada, as vezes penso em fazer outro layout mas sempre que elogiam, eu desisto kk fico feliz em saber que gostou! Sim, é um conto bem popular e único, fantasioso é claro. Veja, vale a pena!

      Excluir
  2. Olá Juciane! Tudo bem?

    Em primeiro lugar parabéns pelo blog, muito bom e você escreve super bem e com paixão! Gosto muito de filmes e animações, mas confesso que não tenho uma ligação com os filmes orientais. Eu conheço um pouco do trabalho do Hayao Miyazaki, mas não profundamente. Sou publicitário e gosto muito de arte, principalmente o cinema.

    Assisti o trailer e gostei muito do traço e do visual do filme, esse tom de aquarela realmente colabora com a narrativa da história. O drama, a fantasia também me chamou a atenção, vou pesquisar mais e assistir alguns filmes do estúdio, depois até volto aqui para comentar mais!

    Obrigado por compartilhar e colaborar com a minha cultura! Um abraço, voltarei para ver os seus novos conteúdos! :)

    André Sarti - Ideias em movimento
    http://andresarti.com.br/blog/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa, tudo bem e você?
      Que legal que achou isso, obrigada! Sempre tento falar de coisas que gosto aqui, então é até sem querer. Tenta conhecer melhor o Studio Ghibli, eles focam muito na arte, se gosta, vale a pena ver.

      Sim, é algo bem diferente, algo para inovar, e a história também ficou muito boa! Obrigada, e volte sempre! Kissus

      Excluir
  3. AAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHH!!!!! QUE FILME FOFOOOOO (seu blog é mais ainda ❤). Não conhecia muitas pessoas que soubessem da existência do Studio Ghibli! Fico feliz por ver mais uma amante de animações japonesas ❤❤❤ AH, te recomendarei um filme do Studio (e quero resenha hein! Preciso de alguém pra falar do quão emocionante ele é!), se chama O Reino dos Gatos. Eu vi quando eu era bem pequenininho e quando vi pela primeira vez eu chorei muito no final por causa da trilha sonora que é tão calma e fazia meu coração pulsar de amores pela Haru (protagonista), o Barão, o Toto e o Muta ❤ Quero muito que veja O Reino dos Gatos e QUE FAÇA UMA RESENHA PORQUE EU VOU COBRAR E TE ATACAR SE NÃO FIZER! (mas te atacar com coraçõezinhos ❤).
    Beijooooos, amei seu blog e o post principalmente! Você é incrível! ❤❤❤❤❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Fico feliz em saber que gostou tanto assim do post e do blog <3
      Realmente pouca gente na blogosfera fala sobre o Studio Ghibli, eu acho isso bem triste na verdade, mas eu tento sempre falar por aqui! Eu já vi o Reino dos Gatos quando tinha na Netflix, mas não fiz uma resenha. Eu vou pegar para ver de novo, e posto aqui, pode deixar! kk Obrigada! Kissus

      Excluir
  4. June! Que filme mais fofo! Confesso que ao ler o título do filme não me empolguei, nunca vi filmes assim japoneses e tudo mais. Mas de verdade, que vontade de assistir! Já vou procurar e testar algo totalmente novo pra mim =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o nome parece ser algo bem chato né? Poucas pessoas gostam de contos. Mas é um filme mesmo e bem marcante. Recomendo!

      Excluir
  5. Adorei seu blog! Nunca assisti essas animações acredita? Vou arriscar pra ver qual impressão tenho. Tenho uma amiga que adora, vou indicar ☺️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou do blog! Obrigada <3
      Veja, tenho certeza que vai gostar! Kissus

      Excluir
  6. Juh já disse que amo seu blog, seus posts! Tudo! E essa animação agora,meu Deus que história incrivel! Seu post me deixou com vontade de ir agora e assistir esse filme. Amei o estilo da animação. TÃO FOFINHAAA!
    Beijos!
    Tamara
    tamaravilhosamente.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que meu post deu vontade de ver! A história é realmente única! Vejaaaa! Kissus <3

      Excluir